Notícia

Voto Sustentável

Com o objetivo de contribuir para a formação de cidadãos conscientes da relevância de seu voto, da formação de uma nova concepção sobre a vida política e do combate à corrupção, três representantes de órgãos e instituições atuantes no combate à corrupção eleitoral e por voto consciente (Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral – MCCE; Articulação Brasileira Contra a Corrupção e Impunidade – ABRACCI e Tribunal de Justiça da Bahia no Projeto Eleitor do Futuro) serão trazidos a Ilhéus para interagirem com a população em dois momentos:

1)      Diálogo e formação para 20 alunos de ensino médio de 10 escolas de Ilhéus, para que estes levem o debate para seus colégios através de replicação do projeto Eleitor do Futuro.

2)      Painel de discussão aberto à população – Cada um dos painelistas terá a possibilidade de apresentar seus projetos e ideias por 15 minutos e o tempo restante será dedicado a perguntas feitas pela própria população (proporcionando a interação e o debate). Este debate será filmado e disponibilizado online para maior amplificação de seu impacto.

Ao longo do mês de setembro, os alunos que foram formados como multiplicadores serão acompanhados e todo o suporte será concedido para que eles repliquem o projeto Eleitor do Futuro em seus colégios (atingindo pelo menos 50 alunos em cada escola).

Ao final deste período, realizaremos uma mesa redonda com estes estudantes para que eles compartilhem suas experiências e suas expectativas para o futuro e um relatório será produzido.

Objetivos/Resultados Esperados

·         Realização de painel de discussão com MCCE, ABRACCI e TJ-BA aberto à população com a participação mínima de 70 cidadãos (incluindo pelo menos 20 candidatos a cargos eletivos para o Município);

·         Vídeo do Painel para ser distribuído online e em mídias digitais;

·         Formar 20 alunos multiplicadores de 10 escolas de Ilhéus, os quais irão replicar o projeto Eleitor do Futuro e propiciar a discussão sobre corrupção e voto consciente para pelo menos 50 alunos em cada escola (atingindo ao total 500 adolescentes);

·         Produção de um relatório e de um documentário sobre a experiência destes 20 alunos ao debaterem sobre corrupção e voto consciente em suas escolas, assim como suas expectativas para o futuro.

Leave a Reply