Como atuamos

O Instituto Nossa Ilhéus atua em três linhas, entendendo como cíclica a seguinte ordem:

1. ‘Educação para Cidadania’ > que desperta o cidadão

2. ‘Monitoramento Social’ > cidadão desperto quererá monitorar o que é público;

3. ‘Impacto em Políticas Públicas’ > desperto e monitorando, o cidadão poderá atuar, por meio dos espaços de participação, de decisões que impactem na coletividade.

 

 

Educação para Cidadania

Acreditando que além da educação formal, o indivíduo deve ter uma formação cidadã para entender a importância do exercício da cidadania para a melhoria da qualidade de vida da coletividade, o Instituto Nossa Ilhéus realiza oficinas e palestras em escolas, universidades, faculdades, hotéis, centros de formação, entre outros espaços, por meio do projeto “Cultivando a Cidadania”.

Entre 2013 e 2016, manteve o quadro “Cidadania em Debate” em uma emissora de rádio comunitária de Ilhéus, formando mesa de diálogo com técnico, representante do poder público e cidadãos ao vivo e intervenção por telefone, discutindo temas educativos. Em parceria com o Teatro Popular de Ilhéus, realiza, sempre que oportuno, discussões de temas atuais com professores da academia, o público presente e intervenções artísticas que fazem conexão com os assuntos abordados, por meio da metodologia ‘Improviso, Oxente!’.

Monitoramento Social

O Instituto tem como base em sua missão o monitoramento social, fomentando o envolvimento da sociedade na reflexão e exercício da cidadania, por meio da discussão para a politização dos problemas que afetam à coletividade. Para isso, criou a metodologia De Olho na Câmara de Vereadores, em 2012, que transmite em tempo real todas as sessões da Câmara de Vereadores, disponibiliza as filmagens em seu canal do YouTube, publica e publiciza relatórios anuais da produção do legislativo. A metodologia já foi replicada em Uruçuca (BA) e Mococa (SP).

Também, mantém a participação nos espaços de governança e em especial dos conselhos de políticas públicas. Já participou do acompanhamento de licitações em parceria com o Observatório Social de Ilhéus (OSI), e auxiliou na divulgação da Campanha “O que você tem a ver com a corrupção?”

De 2017 a 2020, participa do projeto MobCidades – financiado pela União Europeia e coordenado nacionalmente pelo Instituto de Estudos Sócioeconômicos (INESC) – como única organização da Bahia a atuar para o fortalecimento do monitoramento do orçamento público para mobilidade urbana.

 

Impacto em Políticas Públicas

A vida acontece nos municípios e a descentralização da gestão das políticas públicas vem aumentando consideravelmente. É nesse cenário que a sociedade deve exercer papel ativo e decisivo, se fazendo presente. Estar presente nos espaços de governança, além de ser monitoramento, é a oportunidade para garantir o que está assegurado na Constituição Federal de 1988 e nas políticas públicas implementadas.

Além disso, essa linha de atuação também fortalece outra expertise nossa: o advocacy, ou seja, defesa e argumentação em favor de uma causa, que é a promoção de uma cidade e região sustentável.

Dessa forma, o Instituto se faz presente em Grupos de Trabalho para elaboração e implementação de políticas públicas no município, a exemplo da Lei de Resíduos Sólidos, buscando estimular que a gestão do executivo seja participativa, publicizando a sua atuação e mobilizando, articulando e inspirando a população a também participar.

O projeto MobCidades também atua impactando em políticas públicas para o setor no município.