Notícia

Juventude Conectada: Oficina PerguntAção e participação do INI

OFICINA PERGUNTACAO JUVENTUDE CONECTADA

O que é o PerguntAção?

O Instituto Paulo Montenegro (IPM) é uma organização sem fins lucrativos criada pelo IBOPE com o objetivo de contribuir com a qualidade do ensino no Brasil e em todos os países onde a empresa atua, disseminando práticas educacionais inovadoras e estimulando a mobilização social. Parceiro do Instituto Nossa Ilhéus, o IMP tem projetos como a metodologia PerguntAção, de consultas participativas de opinião, promovendo a mobilização social; o “Nossa Escola Pesquisa Sua Opinião”, carinhosamente chamado de “Nepso“, que é o uso da pesquisa de opinião como ferramenta pedagógica e o Indicador de Alfabetismo Funcional (Inaf), realizando o levantamento dos indices de alfabetismo funcional da população brasileira adulta. E na sua segunda edição, o IMP realiza o “PerguntAção” para o Juventude Conectada.

OFICINA PERGUNTACAO JUVENTUDE CONECTADA

 

Juventude Conectada:

O Juventude Conectada é uma pesquisa sobre tecnologia e o uso da Internet, realizado pela Fundação Telefônica Vivo, em parceria com a Escola do Futuro da USP, IBOPE Inteligência e Instituto Paulo Montenegro. Em 2014, o estudo entrevistou 1.440 jovens de 16 a 24 anos, de todas as regiões do Brasil, e buscou entender o comportamento da juventude na era digital, por meio de quatro eixos: comportamento, empreendedorismo, ativismo e educação.

OFICINA PERGUNTACAO JUVENTUDE CONECTADA

No dia 07 de julho de 2015, a estagiária em comunicação do Instituto Nossa Ilhéus, Tainan Piantavinha foi convidada participar da oficina PerguntAção em  São Paulo, no auditório do IBOPE, e assim representar a Região Nordeste. A  equipe do IMP, representada pelos oficineiros do PerguntAção Marisa Villi,  Felipe Pragmacio e Rodrigo Cardozo, e cerca de 14 jovens, de diversas partes  do País encontraram-se para discutir o que é ser HIPERCONECTADO. O  encontro gerou um quadro de perguntas sobre o perfil da juventude  hiperconectada. O questionário foi ajustado pela equipe do IMP e lançado  virtualmente entre os integrantes, para que amigos e conhecidos respondessem  a pesquisa.

Usamos a tecnologia diariamente e nem nos damos conta do quanto esse hábito tem criado características tão particulares em nossa geração. Amei a metodologia do PerguntAção. O modo simples de compartilhar opiniões e construir saberes. Jovens inspiradores, líderes natos em suas comunidades, pontos de vistas plural. Foi muito proveitoso o encontro! Sou conectada. E é sempre importante pensar: tudo isso pode está virando muito HIPER?! O que é então ser Hiperconectado?

Tainan Piantavinhaestagiária de comunicação do INI

No dia 18 de agosto, aconteceu o encontro online para discussão dos resultados da enquete, debatendo assim, os hábitos mais comuns de uma geração que utiliza a tecnologia e a internet para quase todas suas atividades diárias. A pesquisa segue em andamento e ainda contará com outros momentos de babe-papo virtual, debates e colaboração. Você pode baixar aqui a pesquisa Juventude Conectada de 2014.

O INI parabeniza a Fundação Telefônica Vivo, o IBOPE Inteligência e Instituto Paulo Montenegro por propor o debate com a juventude e o estudo sobre os hábitos digitais. Ressaltamos ainda, o quanto acreditamos no método construtivo de mobilização social do PerguntAção. Um salve para juventude que discute sua realidade, comportamentos e é protagonistas dos assuntos sociais.

Leave a Reply