Notícia

Instituto Nossa Ilhéus participa do 14º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo da Abraji

Daniel Brammati, presidente da Abraji, em apresentação no 14º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo (Foto: Jonathan Souza – INI).

O Instituto Nossa Ilhéus (INI) foi uma das seis organizações da sociedade civil contempladas com bolsa da Transparência Internacional – Brasil para participar do 14º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo da Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo), realizado nos dias 27, 28 e 29 de junho, em São Paulo. A escolha ocorreu através de um processo seletivo organizado pelo CAIAC (Centro de Apoio e Incidência Anticorrupção) da TI Brasil, no qual participaram instituições que fazem parte da Coalizão Unidos Contra a Corrupção.

Além do Instituto Nossa Ilhéus, também foram selecionados com bolsa representantes da Transparência Capixaba (Vitória); dos Observatórios Sociais (OS) de Barreiras, Palmas, Curitiba e Porto Alegre, e um grupo de jornalistas investigativos locais. A iniciativa teve como objetivo contribuir com o desenvolvimento institucional na linha de comunicação de organizações locais que atuam com a prevenção e o combate à corrupção.

Da esquerda para a direita: Anne Ferreira (OS Barreiras), Pedro Mansur (Transparência Capixaba), Felipe Alves (OS Brasil), Nicole Verilo (TI – Brasil), Cláudia Regina (OS Palmas), Carla Fátima (OS Porto Alegre) e Jonathan Souza (INI) (Foto: Mayra Sartorato – TI Brasil).

Durante os três dias de evento, o Instituto Nossa Ilhéus foi representado pelo coordenador local do projeto MobCidades, Jonathan Souza, que é bacharel em Comunicação Social, com habilitação em Rádio e Televisão. “Debater com jornalistas renomados sobre os desafios do jornalismo nos fornece caminhos para encontrar a melhor forma de nos comunicarmos com a população. Hoje, vivemos em um novo paradigma de maior democratização na produção e no acesso à informação. Nesse mar de notícias, precisamos ter a responsabilidade de checar e filtrar o que, de fato, é verdade e o que é fake news”.

Jonathan Souza, consultor do projeto MobCidades no Instituto Nossa Ilhéus (Foto: Cláudia Regina – OS Palmas).

A nossa participação no Congresso da Abraji segue a nossa linha de nos profissionalizarmos cada vez mais na área da comunicação.

A 14ª edição do Congresso de Jornalismo Investigativo da Abraji reuniu 1.200 pessoas — entre participantes, palestrantes, membros da equipe de cobertura e organização. A programação contou com oficinas, mesas de debate e palestras sobre jornalismo de dados, investigação dos gastos públicos, combate à fake news, financiamento de mídias independentes, produção de podcasts, divulgação de notícias nas redes sociais, entre outros temas. Dentre os palestrantes e mediadores, destacam-se os jornalistas Miriam Leitão e Vladimir Netto (TV Globo), Leando Demori (The Intercept), José Roberto de Toledo (Revista Piauí), Júlia Duailibi (GloboNews) e José Orenstein (Nexo).

Participação do editor do site The Intercept, Leandro Demori, em debate sobre a série de reportagens do caso ‘Vaza Jato’ (Foto: Alice Vergueiro – Abraji).

No dia 28 de junho, os bolsistas conheceram ainda a sede da Transparência Internacional – Brasil, em São Paulo, e compartilharam suas experiências de atuação no monitoramento social, no combate à corrupção e na luta em favor da democracia. “Foi uma oportunidade valiosa de conhecer um pouco do trabalho que jornalistas e outras organizações da sociedade civil estão realizando em prol da transparência pública em várias cidades do Brasil, assim como foi o momento da gente estreitar mais os laços com esta importante instituição parceira que é a Transparência Internacional – Brasil”, avaliou o consultor do projeto MobCidades.

Equipe da Transparência Internacional – Brasil e bolsistas do processo seletivo do CAIAC (Centro de Apoio e Incidência Anti-Corrupção) (Foto: Mayra Sartorato – TI Brasil).

A luta em defesa da transparência e contra a corrupção tem várias mãos. Precisamos conectá-las e seguir juntos, apoiando uns aos outros.

Para Jonathan, a experiência e os conhecimentos adquiridos serão importantes para aperfeiçoar o trabalho de monitoramento social e educação cidadã através de uma comunicação cada vez mais isenta, assertiva e propositiva. “Agradecemos a confiança da Transparência Internacional – Brasil que foi depositada em nós. Nossa intenção agora é construirmos uma ferramenta de comunicação que tenha como foco a análise, sistematização e divulgação dos dados públicos municipais com os quais já trabalhamos, através de gráficos, vídeos e reportagens. Por meio dessas informações, poderemos dar maior clareza à população sobre a atuação do Poder Público e mostrar em que áreas há ainda carência de investimentos”, concluiu o consultor do INI.

Sobre o MobCidades

Desde 2017, o Instituto Nossa Ilhéus faz parte do projeto MobCidades – Mobilidade, Orçamento e Direito à Cidade”, financiado pela União Europeia e sob coordenação nacional do Instituto Nacional de Estudos Socioeconômicos (INESC). Contempla 10 movimentos da Rede Brasileira de Cidades, sendo o INI o único na Bahia. Cada movimento trabalha com mais quatro co-executores locais, em Ilhéus, são: Associação de Surdos de Ilhéus, UFSB, Rotary Club e Associação de Criativos do Hernani Sá. O objetivo é fortalecer organizações para monitorarem o orçamento público destinado à área de mobilidade urbana, por meio de incidências locais e nacional. Conheça as ações do MobCidades em Ilhéus através do link: https://www.nossailheus.org.br/?s=mobcidades.

Sobre a Transparência Internacional – Brasil

A Transparência Internacional é uma organização não-governamental presente em mais de 100 países que tem como missão o combate à corrupção e a promoção da transparência e da integridade em todos os níveis e em todos os setores da sociedade. De acordo com a instituição, a luta contra a corrupção não tem um fim em si mesma, pois abrange também a busca pela justiça social, a realização de direitos e a paz. No Brasil, a TI atua no apoio e mobilização da sociedade civil, produção de conhecimento, conscientização e comprometimento de empresas e governos com as melhores práticas globais de transparência e integridade, entre outras atividades. Saiba mais através do site: https://transparenciainternacional.org.br/o-que-fazemos.

Leave a Reply