Notícia

Seminário Consciência Limpa reúne Empresários, Poder Público e Sociedade Civil em prol da Coleta Seletiva

Coleta seletiva uma ação onde todos ganham – A IDEIA É NÃO MISTURAR O LIXO!

Coleta seletiva uma ação onde todos ganham – A IDEIA É NÃO MISTURAR O LIXO!

Um carrinho com resíduos sólidos na recepção da Faculdade de Ilhéus chamava atenção dos que passavam. Estava acontecendo naquele momento o Seminário “CONSCIÊNCIA LIMPA”, evento realizado pelo Grupo de Trabalho Resíduos Sólidos e pela COOLIMPA, com a intenção de aumentar a conscientização e sensibilização dos grandes geradores de resíduos e de toda a população. O evento aconteceu no auditório da Faculdade de Ilhéus (que também integra o “Grupo de Trabalho Resíduos Sólidos”).

 

O personagem “João do Saco”, caracterizando um catador, entre risos e momentos de verdade, leva os presentes a uma reflexão sobre qual o nosso papel para mudar essa triste realidade. Em seguida, a COOLIMPA – Cooperativa de Catadores de Recicláveis Consciência Limpa, formada por catadores que viviam no lixão do Itariri, homenageou os primeiros colaboradores da Coleta Seletiva da nossa cidade com seu coral, em uma bela e emocionante apresentação.

 

Em prosseguimento ao evento, os integrantes do Grupo de Trabalho se dividiram em 7 apresentações, expondo toda a situação do processo de transformação do lixão em aterro sanitário e da inclusão socioprodutiva dos catadores no processo de reaproveitamento e reciclagem dos resíduos sólidos. As apresentações trouxeram riqueza de informação e esclarecimento aos presentes. (Tenha acesso a apresentação de slides clicando AQUI.)

 

“Os geradores devem aproveitar este momento para estarem realizando um trabalho social ao invés de aguardarem ser multados por destinar de forma inadequada como determina a legislação”, é o que diz a presidente do Instituto Nossa Ilhéus, Maria do Socorro Mendonça, depois de ter apresentado o valor aproximado de investimento de recursos públicos investidos entre 2001 e 2013, sem que definitivamente o problema esteja resolvido.

 

Durante sua apresentação, o promotor público estadual Dr. Paulo Eduardo Sampaio, enfatizou a urgente elaboração do Plano de Gestão de Resíduos Sólidos no município e a coleta seletiva sendo realizada pela Cooperativa de Catadores oriundos do Lixão do Itariri como a coroação desse exaustivo trabalho que precisa do envolvimento de todos munícipes.

 

Dando sequencia à série de palestras, a Assistente Social Emanuela Spínola – representando a Prefeitura Municipal de Ilhéus – explanou como o município, com a forte participação da sociedade civil, vem desde 2008 buscando tornar realidade o difícil processo política de “Inclusão Sócio Produtiva” e como foram grandes as conquistas podem ser registradas até aqui. “Além da inclusão de trabalho é importante o fortalecimento da dimensão política, desenvolvendo o sujeito cidadão, político social incentivando a fazer crítica, reflexões e analise do cotidiano”, disse Emanuela. Tirar a sujeira da consciência foi o recado deixado pela Assistente Social Maria Marta Lucas, que até 2012 esteve envolvida no processo.

 

“A Coleta Seletiva é um desafio de todos nós” é o início da apresentação da técnica do IBAM – Instituto Brasileiro de Administração Municipal – a bióloga Cecília Naiane, que lembrou da frase do catador Jorge que diz: Eu não sou um catador de lixo, “SOU UM AGENTE AMBIENTAL!” Ilhéus é a única experiência no Brasil de encerramento de lixão com inclusão sócio produtiva dos catadores e implantação da coleta seletiva. Ilhéus começou a coleta seletiva na Zona Sul no final de 2012, com 14 doadores e hoje já somam 40, número ainda pequeno.

 

A Zona Sul da cidade que é o piloto da coleta seletiva e tendo como liderança no processo, o presidente da Associação de Moradores do Bairro Hernani Lopes de Sá, Odailson Aranha, que mostrou para os presentes as imagens do trabalho que vem sendo realizado envolvendo os moradores e catadores.

 

Elaborar o “Plano da Gestão dos Resíduos Sólidos” gerados é o que deve ser feito pelos grandes geradores, foi o que ficou apreendido na surpreendente apresentação do resultado do trabalho realizado no Hotel La Dolce Vita pela Makelly Martinhago que integra o grupo de trabalho representando o NURES – Núcleo de Resíduos Sólidos da UESC. Foi mostrado o quanto o gerador pode estar contribuindo tanto para a inclusão dos catadores, como com o município e com o meio ambiente, deixando de destinar os resíduos reaproveitáveis e recicláveis para o Aterro da cidade.

Após as apresentações, foram homenageados, por escolha da COOLIMPA, “os melhores agentes da mudança”, por categoria, como se segue:

– Exemplo de separação: HOTEL JARDIM ATLÂNTICO e HOTEL VILLAGE BACK DOOR

– Exemplo de iniciativa: HOTEL LA DOLCE VITA com a elaboração do Plano Gestão de Resíduos Sólidos e HOTEL TOROROMBA que foi o primeiro a assinar o “Termo de Doação de Materiais Recicláveis”

– Exemplo de envolvimento: EMANUELA SPÍNOLA e MARIA MARTA LUCAS, que além do trabalho técnico, com amor e dedicação deram visibilidade aos homens, mulheres e crianças que viviam no lixão. Dr. Paulo Eduardo Sampaio pelo apoio aos catadores e defesa da Política Nacional de Resíduos Sólidos.

– Exemplo de LEV (LOCAL DE ENTREGA VOLUNTÁRIA): A Associação dos Moradores do Bairro Hernani Lopes de Sá e o CAE II (Antigo SESP)

Também foram apresentados os termos de doação, para que os grandes geradores possam aderir a prática da coleta seletiva e a destinação correta através da COOLIMPA, e os contratos de publicidade, onde os empresários podem estampar suas marcas nos carrinhos dos cooperados, como forma de propaganda e também de atuar como empresa que se preocupa com a causa dos resíduos sólidos na cidade. As empresas interessadas tanto em doar resíduos ou em utilizar o serviço de publicidade através da Cooperativa podem procurar a presidente da COOLIMPA, D. Deizemeire Silva, através dos telefones (73) 8162-6706 ou (73) 9162-8882.

Deixe um comentário