Notícia

Improviso, Oxente! – Escolhidos os indicadores do eixo Bens naturais comuns para serem acompanhados e melhorados na próxima gestão em Ilhéus

SAMSUNG CAMERA PICTURESComo a população pode compartilhar bens comuns e se sentir responsável por cuidar deles? Durante debate do Improviso, Oxente! de ontem (19), na Tenda Teatro Popular de Ilhéus (TPI), o professor e ambientalista, Rui Rocha, lembrou o conceito de bens naturais comuns, a ideia já defasada da monetarização desses bens, a necessidade da prática da sustentabilidade na atual conjuntura econômica, até as manifestações de 2013 – que também protestaram por pautas que resultassem em mais qualidade de vida diretamente relacionadas ao tema em questão.

O evento, promovido pelo Instituto Nossa Ilhéus (INI) em parceria com o TPI em reuniu professores, artistas, conselheiros de políticas públicas municipais e pré-candidatos ao legislativo e executivo municipal para discutir o tema e escolher os indicadores que a próxima gestão municipal eleita deve acompanhar e melhorar.

Além dos indicadores já sugeridos no Guia Gestão Pública Sustentável, o público escolheu mais três referentes às particularidades da cidade. Questões como adoção de projetos educacionais e práticos que promovam o bem comum e implementação da reciclagem foram levantadas para serem igualmente acompanhadas.improviso logo - Cópia - Cópia

O Improviso, Oxente! desta edição debate a Ilhéus que queremos em 2020, apontando metas dos eixos do Programa Cidades Sustentáveis – agora alinhado com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) – para serem entregues aos candidatos ao Legislativo e ao Executivo municipais no 28 de setembro.

Próximo debate

Na próxima terça (26.07), às 19h, no mesmo local, o público está convidado a participar da discussão sobre “Equidade, Justiça social e Cultura da paz”, que será conduzido pelo professor Alfredo Dib Abdul Nour.

Instituto Nossa Ilhéus – Fundado em 09 de março de 2012, o INI é uma iniciativa da sociedade civil organizada, apartidária com o título de OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público.  Busca a aproximação da sociedade civil e do poder público em suas ações, tendo como eixos de atuação a Educação para Cidadania, o Monitoramento Social e o Impacto em Políticas Públicas. Atua no sentido de promover o impacto social que educa e, para isso, promove o monitoramento social, mobilizando e intervindo na realidade política e social do município. O Instituto, estando aberto a todos que desejem engajar-se em suas atividades. Localiza-se na Rua Eustáquio Bastos, nº 126, 8º andar do Edifício Kauffman, no Centro, em Ilhéus. Acompanhe também a fanpage facebook.com/InstitutoNossaIlheus

Programa Cidades Sustentáveis – Oferece aos gestores públicos uma agenda completa de sustentabilidade urbana, um conjunto de indicadores e um banco de boas práticas com casos exemplares nacionais e internacionais, a fim de sensibilizar e mobilizar as cidades brasileiras para se desenvolverem de forma econômica, social e ambientalmente sustentável. Saiba mais em www.cidadessustentaveis.org.br

Fotos: Tacila Mendes (Ascom/INI)

 

Deixe um comentário