Notícia

Gestão de Resíduos Sólidos – Visita à CVR Costa do Cacau

Texto Daniel Thame e fotos Comunicação da CVR Costa do Cacau

Dirigentes de entidades ligadas ao desenvolvimento sustentável de Ilhéus visitaram as instalações da CVR Costa do Cacau. Localizada às margens da Rodovia Jorge Amado (Ilhéus-Itabuna), a empresa e a única do Sul da Bahia licenciada pelo Inema e Ibama para a destinação ambientalmente correta dos resíduos.

Participaram da visita, o presidente da Agência de Desenvolvimento Regional ADR e representante do Instituto Arapyaú, Ricardo Gomes, a gerente regional do Sebrae, Claudiana Figueiredo, o fotógrafo e ex-vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal Pacheco Soub, o coordenador do Projeto Rio Cachoeira, Adson Franco, a inspetora do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura-CREA, Dayse Azevedo, engenheiro ambiental, Angelo Brito e os representantes do Instituto Nossa Ilhéus: Maria do Socorro Mendonça, Denis Foulon e Tacila Mendes.

Recepcionados pelo diretor comercial da CVR Costa do Cacau e da Marca Ambiental, parceira do empreendimento, Rodrigo Zaché, puderam acompanhar uma apresentação da estrutura e dos projetos futuros da CVR com uma visita às dependências da empresa e ao aterro sanitário, que atende a todas as determinações do Plano Nacional de Resíduos Sólidos, e que em breve obterá o aprimoramento de seus processos ao realizar o beneficiamento do material descartado com a implantação de uma Ecoindústria para a conversão do biogás em energia renovável, além de um centro de educação ambiental.

Os dirigentes das entidades fizeram uma avaliação positiva da visita. De acordo com
Ricardo Gomes, “eliminar os lixões não é apenas uma estratégia sanitária, mas também está vinculada ao desenvolvimento econômico, com vocação para o turismo. A CVR traz uma tecnologia avançada, além de compromisso com o meio ambiente e a inclusão social dos catadores”

SUSTENTABILIDADE E INCLUSÃO SOCIAL

Para Maria Socorro Mendonça “a CVR com seu braço socioambiental pode contribuir muito com o poder público, no processo de formação de adolescentes e jovens comprometidos com a sustentabilidade, com foco nas questões ambientais, sociais, econômicas, culturais e consciência política”. “Essa parceria incentiva a coleta seletiva, a inclusão socioprodutiva e conservação de um grande patrimônio natural da região”, disse.

A inspetora do CREA, Dayse Azevedo, ressalta que “a estrutura da CVR atende às demandas regionais, com impactos positivos no planejamento urbano e na melhoria das condições de vida da população, com um controle e tratamento adequado dos resíduos, tanto os públicos e empresariais, como os domiciliares”.

Claudiana Figueiredo destaca que “precisamos estreitar os laços entre a classe empresarial e iniciativas como a da CVR, pois acreditamos que através dessa união ampliaremos a conscientização sobre a destinação correta dos resíduos, promovendo uma grande transformação na região, incluindo o empreendedorismo através da reciclagem”.

O gerente comercial da CVR Costa do Cacau, Rodrigo Zaché afirma que “essas entidades contribuem com a empresa na construção das melhores condições sustentáveis, tanto para a destinação quanto para a valorização dos resíduos, na harmonia entre desenvolvimento econômico, social e ambiental”.

Assista ao vídeo com imagens da CVR.

Deixe um comentário