Notícia

Tip Top é o refresco, o refresco é Tip Top! – Gente da Nossa Ilhéus

Você já o deve ter visto nas ruas de Ilhéus, cantando de maneira autêntica e engraçada, cheio de autoestima, vendendo refrescos. Ele é Rossembergue Gomes dos Santos, mais conhecido como Tip Top, 57 anos, nascido no Mato Grosso do Sul, mas vive há tantos anos na Bahia que seu coração é inteiro baiano e feliz! Em Ilhéus, há três anos, traz alegria e refresco para os transeuntes do centro da cidade.

Antes de atuar com vendas, ele trabalhou em diversos lugares, mas estava infeliz e as rendas não eram suficientes para cobrir as despesas. Em 2007, começou a trabalhar como autônomo, fazendo surgir o personagem Tip Top.

E como surgiu o pseudônimo Tip Top? Rossembergue tem como lema passar alegria para as pessoas e isso está presente no seu jeito de ser e de vender seus refrescos. As suas roupas, sempre de cores vivas, chamam a atenção e aumentam a vibração do ambiente por onde ele passa, remetendo à frase que sempre tem em mente: “Tipo de refresco no topo!”. O topo representa o recomeço, a ida até a montanha, uma metáfora ao momento de virada na sua vida.

“Muitos me chamam de palhaço, eu não ligo. Aliás, quem não é palhaço nessa vida?”

Assim que o personagem surgiu, Tip Top usava apenas um colete e uma caixa de isopor. Ele relembra essa fase conturbada, quando aprendeu muito sobre a vida, principalmente, que “tem tempo certo para tudo”. Nessa época, ele não entendia muito sobre vendas e acabou fazendo dívidas. Decidiu, então, passar um tempo em Goiânia para trabalhar em outras áreas. Esse intervalo fez com que ele amadurecesse suas ideias, atitudes e vontades, buscando corrigir o que não deu certo. A viagem não deu muito frutos na área profissional, mas ele conta que voltou cheio de aprendizados.

Após sete anos tentando se reerguer, Tip Top voltou a atuar nas ruas de Itapetinga, onde então morava, e trouxe inovações no seu estilo. O look era composto por um colete verde, uma caixa de isopor e um pandeirinho de criança. Sentiu que coração estava radiante e pronto para recomeçar! Em 2016, em visita a parentes em Ilhéus, aproveitou para também vender refrescos. Assim, o dia-a-dia na cidade fez nascer uma afeição ao local, e, no ano seguinte, ele veio para ficar.

“É preciso se reinventar! Somos como a água, ela vive contornando os obstáculos. Precisamos dar a volta por cima.”

Quando ele decidiu morar na famosa Terra da Gabriela, era fim de setembro e a primavera com toda sua beleza lhe deu as boas vindas. Aos poucos e espontaneamente, ele foi conquistando os ilheenses com sua alegria e determinação.

Apesar de não nascer ilheense, Tip Top acredita que sua contribuição para a cidade está nas suas atitudes, na sua solidariedade e no seu modo de ser. Acrescenta que seu foco não é só o dinheiro, mas o trabalho feito com paixão, principalmente com os turistas, que quando são bem recebidos, sempre voltam. Ele até aprendeu um pouco de inglês, francês, alemão, italiano, russo e espanhol pra interagir com os turistas, qualificando o seu atendimento.

Sobre Ilhéus, Tip Top conta da sua profunda admiração pelas belezas naturais que deixam a cidade aconchegante e acolhedora, e que pode ficar melhor se concentrar mais investimento na infraestrutura.

Quem encontra Tip Top hoje nas ruas o verá empurrando o seu carrinho cheio de refrescos prontos para atenuar o calor desta terra. E por falar em calor, dezembro chegou e, com ele, uma nova música foi criada. É assim, que Tip Top presenteia seus clientes: compondo uma nova canção a cada mês para sempre alegrar os corações. Portanto, se você ouvir ‘Tip Top é o refresco, o refresco é Tip Top!’, prepare-se para apreciar uma enxurrada de alegria e, claro, um refresco bem geladinho, além de água de coco, água mineral, caldo de cana.

Pesquisa e texto: Bruna Sílvia – voluntária de comunicação do Instituto Nossa Ilhéus, estudando no 2º semestre de Comunicação Social da UESC.

Pesquisa e vídeo: Bruna Cleisla – voluntária de comunicação do Instituto Nossa Ilhéus, estudando no 3º semestre de Comunicação Social da UESC.

Supervisão e revisão de texto: Tacila Mendes – gerente de comunicação do Instituto Nossa Ilhéus.

“Gente da Nossa Ilhéus” é uma iniciativa do Instituto Nossa Ilhéus que visa produzir conteúdo que engaje as pessoas por meio do conhecimento de quem faz a diferença no dia a dia da cidade e, consequentemente, do sentimento de pertencimento. Pois, quem conhece mais a sua cidade, a ama mais.

Esta e outras iniciativas do Instituto Nossa Ilhéus fortalecem o engajamento da população e o exercício da cidadania na cidade. Quer ajudar a consolidar as ações do Instituto? Clique e saiba mais.

Deixe um comentário