Notícia

Feira Criativa do Pontal uniu arte, entretenimento, criatividade e economia

A Feira Criativa do Pontal aconteceu nos dias 21 e 21 de dezembro, na Praça São João Batista, no bairro Pontal. Nascida do sonho do cidadão José Henrique Abobreira e de sua iniciativa de incitar amigos, amigas e parceiros para tal sonho, a feira reuniu diversos artistas plásticos, artesãos, quituteiros, cantores e dançarinos, que assim como José Henrique Abobreira, acreditaram na possibilidade do sonho de ter movimento aliado a desenvolvimento social e econômico em uma praça de bairro se tornasse realidade.


Entre os muitos cidadãos que acreditaram nesse sonho, estavam José Rezende Mendonça, Marcos Alcântara, Maria do Socorro Mendonça, Pe Jarmil Sarmento, Markus Farias e muitos outros. Com a participação dos moradores e apoio de instituições como SEBRAE, Instituto Nossa Ilhéus, Associação de Moradores do Pontal, Cidadelle, Movimento Pontalense de Cidadania, TV a Cabo e o Governo Municipal, vinte barracas foram instaladas e receberam dois expositores cada uma, com produtos afins, depois de serem capacitados.

Foram muitas as atrações e a chuva não assustou as pessoas que acreditaram e estão dispostas a continuar.  A feira também contou com as presenças dos Secretários de Cultura, Paulo Ato e de Comunicação, Paixão Barbosa.


Quem estava na Praça foi presenteado pela linda apresentação do show “Mulheres em Domínio Público” com Cris Passos, Geiza Pena, Heloá Monteiro e a participação especial de Tacila Mendes, com o violão do Danilo Nascimento. Este espetáculo é resultado de um projeto onde fizeram uma releitura das cantorias de mulheres que trabalhavam como lavadeiras, marisqueiras e da lavoura do cacau. Esse resgate proporcionou a muitos dos presentes uma viagem ao passado quando as mulheres do Pontal lavavam as roupas na fonte da Itinga, quando mariscavam o “mussuni”, lambreta, ostras e tantos outros mariscos ou trabalhavam nas “roças” de cacau.


A academia de dança Grand Jete e o Studio Aisha Gabi das professoras Claudia Alves e Ana Paula, com seus alunos deslizando no chão da Praça, apresentaram espetáculos do ballet clássico (O livro mágico) e dança do ventre, arrancaram aplausos do público. A última apresentação de dança da noite foi com o grupo independente do Pontal “Kiswing”, que começou com os amigos Graziela Souza e Maicon Souza.


A apresentação esperada por todos, trazida pela mestra Janete Lainha e que fechou com chave de ouro o primeiro dia da Feira Criativa do Pontal, foi a apresentação da dupla de cordelistas, declamadores, fazedores de história e cantadores Carlos Silva de Aporá e Oliver Brasil, vindos de Feira de Santana.

Leave a Reply