Notícia

Cidadania em debate: Poder Executivo – o que fazem a prefeitura e suas secretarias?

Os ouvintes do quadro Cidadania em Debate, que vai ao ar no programa Verdade Bem Dita da FM Conquista, conheceram um pouco mais sobre o poder executivo na última sexta-feira (16). Demmys Dórea recebeu no estúdio, o presidente da OAB de Ilhéus, Marcos Flávio, o estudante de Economia e membro da Cia Júnior da UESC, Igor Aquino, e o representante do poder executivo local, o secretário de Relações Institucionais, Jailson Nascimento.


Logo no início do debate, Marcos Flávio explicou o que é o poder executivo. “As funções dos poderes estão atribuídas na Constituição Federal. O poder executivo está presente nas três esferas de poderes. São elas: Municipal, com o prefeito, vice-prefeito e secretários; Estadual, com o governador, vice-governador e secretários; e Federal, com o presidente, vice-presidente e ministros de estado”.  Na fala do presidente da OAB, observa-se sempre a presença de um gestor do bem público. Esse gestor é de livre escolha da coletividade, entretanto a população precisa reconhecer a responsabilidade da escolha desse líder e encontrar valores que compactuem com o bem estar de todos.


O poder executivo de Ilhéus é formado por 15 secretarias e 1 fundação. Os cargos de secretários são de livre nomeação pelo prefeito da cidade, e qualquer inovação no quadro funcional é necessária elaboração de um projeto de lei que deve ser apreciado pela câmara de vereadores.


A importância de se conhecer as atribuições do gestor em vista a gerenciar o desenvolvimento das políticas públicas, como educação, transporte, saúde, mobilidade urbana, finanças, meio-ambiente, considera-se ímpar para o exercício da cidadania. Mas o que são políticas públicas? São as ações planejadas e desenvolvidas pelo Estado, que devem impactar e transformar a realidade da sociedade.


Às sextas-feiras sintonize Conquista FM 105.9 e participe do “Cidadania em Debate”. Na próxima sexta, 23/05/2014, temos um encontro marcado com o tema “Transparência em Ilhéus: a hora é agora!”

Leave a Reply