Notícia

Câmara de Ilhéus firma parceria com Delibera Brasil que trabalhará com uma forma democrática de ouvir a população sobre a avenida

Foto e texto publicado dia 27/09/2021 por Câmara de Ilhéus: https://www.camarailheus.ba.gov.br/Site/Noticias/noticia-270920211102531673-C-mara-firma-parceria-com-Delibera-Brasil-que-trabalhar-com-uma-forma-dem

A Câmara de Vereadores de Ilhéus, representada pelo presidente Jerbson Moraes (PSD) firmou um acordo de parceria com o Coletivo Delibera Brasil, um movimento democrático e sem fins lucrativos que trabalha com uma forma inédita e democrática de atuação da sociedade em decisões de pautas políticas de comunidades, cidades ou até mesmo bairros. O Delibera Brasil participará do debate sobre o futuro da avenida Soares Lopes, atuando ao lado da Comissão criada pela Câmara para debater o tema. 

A inovação que será apresentada à Ilhéus está no modo aleatório de convocação da população para deliberar sobre determinada pauta. Trata-se de um mergulho coletivo para entender, conhecer, debater e deliberar ações onde até mesmo quem não participa das decisões se sinta representado nela. A parceria não terá custos para a Câmara.

A metodologia do Delibera Brasil nas discussões sobre a Avenida Soares Lopes será no formato de minipúblico e acontecerá em etapas: acolhimento, criação do vínculo com a população; imersão no problema onde os participantes terão acesso aos dados gerados durante as audiências; diálogo, momento de discussão sobre as informações colhidas a fim de criar uma ideia de construção coletiva e, por fim, a criação da Carta-Recomendação, documento que contém a solução e encaminhamentos.

Minipúblico

O formato de minipúblico viabiliza a deliberação ao recrutar e sortear trinta pessoas, respeitando a pluralidade de público de diferentes classes sociais, faixa etária, gênero, sexo e bairros de Ilhéus. De acordo com a fundadora do Delibera Brasil, Fernanda Império, esta é “uma experiência inédita no país de deliberação cidadã provocada pela Câmara Municipal de Ilhéus, pois é a primeira vez que acontece oficialmente”. Ela lembra ainda que esta metodologia se difere das Audiências Públicas, onde os convidados normalmente são militantes na área e, com o minipúblico, os idealizadores vão procurar aproximar o cidadão comum dos gestores da cidade.

Na sexta-feira passada mais uma Audiência Pública marcou a agenda da Comissão. Desta feita foram ouvidos os moradores da própria Soares Lopes, que apresentaram opiniões quanto a sua ocupação e destinação. Além do presidente da comissão Vinícius Alcântara, a audiência contou com a presença da vereadora Enilda Mendonça (PT). O presidente da comissão esclarece que, apesar da inclusão da metodologia do Delibera Brasil, segue paralelamente a pesquisa de opinião que está sendo executada pela própria comissão. “Os interessados podem encontrar o formulário físico na portaria do Palácio Teodolindo Ferreira, sede da Câmara. Uma urna está à disposição do público”, explica Vinícius, acrescentando que o formulário online está disponibilizado no link https://forms.gle/8PYmL9NZQptuDA2aA. A próxima Audiência Pública setorial da Avenida Sores Lopes acontecerá na sexta-feira, dia 1º de outubro.

Nota nossa: O Instituto Nossa Ilhéus participou desse momento e foi a organização que apoiou, em 2017, o projeto piloto do mini-público do Delibera Brasil, que reuniu civis para deliberar sobre a regulamentação do serviço de moto táxi em Ilhéus. Saiba mais em: https://www.nossailheus.org.br/semana-de-mobilidade-de-ilheus-destacou-a-importancia-de-pensar-a-cidade-para-pessoas/

Deixe um comentário