Notícia

Plano de Metas participativo – Escolhidos os indicadores de Educação para serem monitorados em Ilhéus

O levantamento de indicadores sociais é um importante passo para permitir a avaliação da efetividade das ações implementadas pelos governos. Com esses dados, a população poderá monitorar melhor o resultado dos projetos e programas implementados, e o poder público poderá planejar as melhores estratégias para atingir as metas que visem aumentar a qualidade de vida da população. Esta é uma visão promissora, que se materializa no Plano de Metas, previsto na Lei Orgânica de Ilhéus desde 2008, e que deve ser implementado por todos os governos municipais.

Com essa premissa, foi realizada nesta quarta-feira (01), no Plenário da Câmara de Vereadores Ilhéus, a primeira reunião temática da Campanha do Plano de Metas Participativo 2017-2020.

A iniciativa é da Controladoria Geral do Município, que vai promover encontros, por meio do Comitê Estratégico Ilhéus Sustentável (CEIS), para implementar a agenda de metas, proposta pelo Programa Cidades Sustentáveis – com o qual a atual gestão se comprometeu – e que tem o Instituto Nossa Ilhéus como mobilizador local. O encontro contou com a presença de representantes de conselhos e associações que têm atuação na Educação, professores, estudantes, além da sociedade civil em geral e do poder público.

Ao todo, até o momento, dos 37 indicadores sugeridos pelo PCS, foram priorizados 28 para serem acompanhados durante a atual gestão. Durante o encontro, números como os 22,5% de alunos atendidos com Educação em tempo integral nas creches; os 21% que estudam em tempo integral no Ensino Fundamental; e 40% de professores licenciados em todo o sistema, foram alguns dos indicadores apresentados pela equipe da Secretaria Municipal de Educação e que devem ser melhorados, por meio de estratégias efetivas, até o fim desta gestão.

Para isso, serão alinhados o Programa de Governo – apresentado durante a campanha eleitoral -, as propostas do Plano Plurianual, e o Plano de Metas, que será elaborado com participação popular, por meio de oito encontros temáticos e mais uma audiência pública, que acontecerão até novembro.

O Controlador Geral do Município, Alex Sousa, explicou que os indicadores estão sendo cadastrados gradativamente na plataforma do PCS. Para acessá-los, clique aqui: https://bit.ly/2v94cUn

Assim, espera-se que os cidadãos sejam incentivados para o exercício do monitoramento social, o que deve ter como resultado final mais transparência, mais informação e o consequente combate à corrupção. Além disso, Ilhéus entra na corrida para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável até 2030, podendo ser referência mundial.

 

Agenda de reuniões temáticas

Os encontros serão sempre no Plenário da Câmara de Vereadores de Ilhéus, de 9h às 12h. Os próximos são: 16 de agosto – Saúde; 29 de agosto – Desenvolvimento Social; 12 de setembro – Cultura; 26 de setembro – Infraestrutura, Transporte, Trânsito e Defesa Civil; 10 de outubro – Desenvolvimento Sustentável e Serviços Urbanos e Maramata; 24 de outubro – Agricultura, Pesca, Indústria, Comércio, Turismo e Esporte; 14 de novembro – Planejamento, Governo, Administração, Finanças, Comunicação, Jurídico, Controle Interno e Relações Institucionais; 05 de dezembro – Audiência Pública para Apresentação e Discussão da Proposta de Plano de Metas da Gestão 2017-2020.

O credenciamento dos participantes será realizado no período das 09h às 10h. Os eventos iniciarão às 10h e encerrarão às 12h.

Fotos: Acervo Instituto Nossa Ilhéus

 

Realizações de 2018 apresentadas pela Secretaria Municipal de Educação 

 

Leave a Reply