Notícia

II Semana da Mobilidade de Ilhéus foi marcada por debates, bicicletaço, regulamentação de mototáxi e modificação do Comutran

No último domingo (23), um passeio ciclístico encerrou as comemorações da II Semana da Mobilidade de Ilhéus. Os ciclistas saíram às 8h da Praça Nourival Cardoso, no bairro Hernani Sá, e pedalaram por ruas da zona sul da cidade, retornando às 10h30.

A iniciativa teve o objetivo de chamar atenção para a necessidade de investimentos no incentivo ao uso da bicicleta como meio de transporte. “A bicicleta é um veículo de baixo custo, leve, não polui e ainda é uma alternativa saudável para vencer o trânsito e chegar mais rápido ao trabalho, escola, universidade e espaços de lazer. É preciso que avancemos na implantação de infraestrutura cicloviária para incentivar mais pessoas a pedalar com segurança”, explicou o consultor do Projeto MobCidades em Ilhéus, Jonathan Souza.

O projeto ‘Pista Fechada, Vida Saudável’, na Sapetinga, foi cancelado. Na ocasião, foi realizado o Dia da Árvore, com plantio de mudas, catação de lixo, votação da árvore símbolo do bairro, feira gastronômica e de artesanato e observação do pôr do sol.

 

Avanços na área da mobilidade urbana

Na última sexta-feira (21), o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, sancionou a Lei nº 3.979, de 21.09.2018, que altera o Conselho Municipal de Trânsito e Transporte (Comutran), modificando a composição do Conselho e tornando-o de caráter deliberativo e não mais consultivo, como era anteriormente à nova Lei. As modificações foram propostas e aprovadas pela Câmara de Vereadores.

A composição do Comutran agora será formada por um conjunto de 16 membros, sendo três representantes do Poder Público Municipal, com respectivos suplentes, dois de entidades representativas das categorias profissionais que atuam no setor de transporte permissionário e de concessão, bem como de órgão de trânsito municipal; dois de entidades representativas de permissionários e concessionários dos serviços municipais de transportes coletivos e individuais e nove representantes dos movimentos sociais de usuários dos sistemas de transportes.

O Conselho vai discutir as políticas públicas do transporte coletivo de passageiros (ônibus, escolar e vans), do transporte individualizado, como o serviço de táxi, da circulação viária, controle e organização do trânsito, a estrutura operacional do sistema de transporte coletivo, a exemplo da implantação de novas linhas, extinção, modificação, prolongamento ou redução das linhas existentes; o transporte de cargas, entre outras atividades.

Na ocasião, o prefeito ainda assinou mensagem de encaminhamento para a Câmara dos Vereadores do projeto de lei de regulamentação do serviço de mototáxi em Ilhéus. O PL é resultado do ‘Mini-público’ realizado pelo Movimento Delibera Brasil, em parceria com o Instituto Nossa Ilhéus, na Semana da Mobilidade de 2017, que reuniu membros da sociedade civil para debater propostas de legalização e organização do transporte individual de passageiros feito por meio de motocicleta. Foi a primeira vez que a metodologia foi aplicada e teve Ilhéus como projeto piloto.

Presente no ato, a presidente do Instituto Nossa Ilhéus, Socorro Mendonça, comemorou os avanços alcançados durante a II Semana da Mobilidade de Ilhéus. “O primeiro, a assinatura da mensagem do prefeito à Câmara de Vereadores para a regulamentação do mototáxi e  outro, o compromisso assumido pelo prefeito para a reativação do Conselho da Cidade, e agora a reativação do Comutran, que vai permitir a discussão democrática do Plano de Mobilidade Urbana para Ilhéus”, completou.

 

Confira notícias e fotos sobre a II Semana de Mobilidade de Ilhéus

 

Primeiro dia da II Semana de Mobilidade de Ilhéus 

II Semana de Mobilidade de Ilhéus – Primeiro dia discutiu cidade acessível e Plano Municipal de Mobilidade

 

Fotos: Beatriz Sampaio | Instituto Nossa Ilhéus

 

 

Segundo dia da II Semana de Mobilidade de Ilhéus

 

Segundo dia da Semana da Mobilidade de Ilhéus discutiu transporte coletivo e sistema cicloviário

 

 

 

 

Realização e apoios – A programação da Semana de Mobilidade faz parte do projeto MobCidades – Mobilidade, Orçamento e Direito à Cidade, financiado pela União Europeia, coordenado pelo Instituto de Estudos Socioeconômicos (INESC), e articulado localmente pelo Instituto Nossa Ilhéus. O objetivo é fortalecer políticas de mobilidade urbana no Brasil por meio do monitoramento do orçamento público para o setor. O projeto reúne 10 movimentos de diferentes cidades brasileiras, sendo o INI o único na Bahia.

A Semana de Mobilidade de Ilhéus tem como co-executores a Universidade Federal do Sul da Bahia – UFSB, Associação dos Surdos de Ilhéus – ASI, Rotary Club de Ilhéus e Associação dos Criativos do Hernani Sá. Também tem apoio de Câmara de Vereadores de Ilhéus, Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, IFBA, Associação Ilheense de Ciclismo, Rotary Club de Ilhéus Jorge Amado, Canabrava All Inclusive Resort, Hotel La Dolce Vitta, Jardim Atlântico Beach Resort, Microlins, Centro de Referência à Inclusão Escolar (Crie), a Ativa Ideia Produção Cultural e Comunicação, Colégio Estadual Moysés Bohana, Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães e Colégio Estadual Professora Horizontina Conceição, Mobili Planejamento e Consultoria.

Leave a Reply