Notícia

Educação para Cidadania – INI termina outubro com dez palestras realizadas

Como parte da linha de atuação ‘Educação para Cidadania’, o Instituto Nossa Ilhéus (INI) participou, em outubro, de uma série de 10 palestras ministradas pela diretora presidente e Fellow Ashoka, Maria do Socorro Mendonça. Com temáticas que dialogavam com as ações implementadas pelo Instituto, foram abordados desde empreendedorismo social a redução de desigualdades, em encontros voltados para estudantes de ensino fundamental ao superior. Cerca de 600 participantes assistiram às explanações.

“Neste mês tivemos muitos convites para palestras e nos sentimos honrados em atender a todos eles, pois queremos que cada vez mais pessoas sejam despertadas de seu papel cidadão. Mas, é preciso que elas estejam a par de como fazer isso. Então, as nossas participações trazem essa reflexão e temos a alegria de, muitas vezes, rever os participantes em nosso escritório buscando ser voluntários no Instituto”, comemora Socorro

Nos dias 08 e 09, cerca de 120 jovens aprendizes do Centro Integrado Empresa Escola (CIEE) mergulharam no tema “A Ilhéus que herdamos, a Ilhéus que somos e a Ilhéus que queremos”. Três turmas assistiram à palestra no CEEP do Chocolate Nelson Schaun (antigo Colégio Estadual) e buscaram entender como a história da cidade dialoga com seu modo de vida e como podem ser um agente ativo na transformação do seu município enquanto cidadão.

Na manhã do dia 18, alunos do ensino médio do Colégio da Polícia Militar de Ilhéus participaram da palestra sobre os 70 anos dos Direitos Humanos. Apresentações teatrais, musicais e atividades lúdicas e reflexivas permearam o dia dos alunos acerca do assunto.

O INI também marcou presença na programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia da Universidade Federal do Sul da Bahia – SNCT 2018, que teve como tema central deste ano “Ciência para a redução das desigualdades”, contribuindo com a reflexão sobre o uso social da ciência e da tecnologia, para combater a desigualdade social. Dentro deste escopo, a palestra de Socorro abordou “Participação popular para redução de desigualdades”, compartilhando o know-how do Instituto enquanto sociedade civil organizada que tem atuação reconhecida em espaços de governança e na promoção do monitoramento da Câmara de Vereadores de Ilhéus, por meio do projeto De olho na Câmara. O evento aconteceu no Colégio Luís Eduardo Magalhães – Colégio Universitário de Ilhéus.

Já no dia 20, o empreendedorismo social inspirou alunos do Programa de Autoliderança da Fundação Estudar. A trajetória da presidente do INI foi tema de conversa com cerca de 20 participantes, no auditório da Faculdade de Ilhéus. A possibilidade de atuar em um setor cujo propósito pelo bem coletivo é o maior motivador estimulou os alunos a pensarem que sua atuação na sociedade pode fazer toda a diferença.

Novamente, o empreendedorismo social como possibilidade de futuro profissional foi discutido. Desta vez, foi no primeiro dia do Sesi Futuro – Educação Já, evento que aconteceu dias 25 e 26 e contou com palestras, cursos e estandes voltados a mostrar a importância da educação para que as portas do conhecimento e do mercado de trabalho se abram para os jovens e adultos locais.

Ainda no dia 25, à tarde, alunos dos 8º e 9º anos da EMTA Escola Municipal Themistócles Andrade, no Bairro Teotônio Vilela, assistiram à palestra “Conhecendo Ilhéus”. Uma das mais requeridas explanações do INI, este tema é sempre bem recebido por todos os públicos, que compreendem que, quanto mais sabem sobre sua cidade, mais podem cuidar dela.

Finalizando as participações do mês, no dia 31, como parte da programação da VII Semana de Ciência e Tecnologia do Instituto Federal da Bahia (IFBA), foi realizada a palestra “Ciência para redução de desigualdades”. O INI é articulador local do Programa Cidades Sustentáveis e entende que o investimento na ciência é um dos degraus para que a região se torne mais promissora, a exemplo do reconhecimento da Estrada do Conhecimento, que reúne em um único trecho da BR 415 o Instituto Federal, o SESI, SENAI, IEL, a Universidade Estadual de Santa Cruz, Parque Científico e Tecnológico do Sul da Bahia e futuramente, parte da Universidade Federal do Sul da Bahia.

 

Leave a Reply