Notícia

Cidadania em Debate:

O quadro Cidadania em Debate da última sexta-feira, 23/05/2014, tratou sobre a Transparência, dando ênfase à área da saúde, em concordância com o evento “Transparência em Ilhéus: a hora é agora!”, que será realizado no dia 27/05/2014, às 09h00, na Câmara Municipal de Ilhéus. Foram convidados o servidor público Carlos Mascarenhas, da Secretaria de Planejamento, a Diretora Presidente do Instituto Nossa Ilhéus, Maria do Socorro Mendonça e o Presidente do Conselho de Saúde, Fred Oliveira.

Após as devidas apresentações, Maria do Socorro Mendonça fala sobre a LAI – Lei de Acesso à Informação (Lei nº 12.527/11), que completou dois anos de vigência no último dia 18/05. Socorro explica que após a promulgação da LAI “é dever do poder público dar conhecimento àqueles que eles tão a serviço do que está sendo feito com todo o recurso que é pago por todos os cidadãos.” A Diretora do Instituto Nossa Ilhéus salienta que, durante o o evento, serão discutidas e propostas formas de auxiliar o poder público, através da participação popular. Diante disto, são levantados questionamentos sobre o Portal da Transparência do município de Ilhéus.

Carlos Mascarenhas salienta que o Portal da Transparência é mantido através de um programa de computador, que se alimenta de outros sistemas de informação, que são interligados para que a informação correta seja exposta para o público e fala sobre a evolução do Portal desde o lançamento, com todos os pagamentos realizados pela Prefeitura disponíveis no mesmo.

Seguindo o debate, Fred Oliveira fala da falta de um Plano Municipal de Saúde, salientando a cobrança que o Conselho vem fazendo para a elaboração do plano. A importância dos planos é destacada, inclusive pelo fato de serem plurianuais, contemplando até o primeiro ano da gestão posterior.

O programa, que ainda destacou a eficiência das formas de transparência das informações (portais de transparência, informações expostas em painéis ao público, uso de sistemas integrados para a divulgação correta e mais rápida da informação) e de aspectos da Lei, como o prazo para a entrega das informações solicitadas, além de ressaltar o papel de fiscalização do Conselho da Saúde.

Cidadania em debate: todas as sextas-feiras, no Programa Verdade Bem Dita, da FM Conquista 105.9

Leave a Reply

Cidadania em Debate: “Transparência na saúde: a hora é agora!”

O quadro Cidadania em Debate da última sexta-feira, 23/05/2014, tratou sobre a Transparência, dando ênfase à área da saúde, em concordância com o evento “Transparência em Ilhéus: a hora é agora!”, que será realizado no dia 27/05/2014, às 09h00, na Câmara Municipal de Ilhéus. Foram convidados o servidor público Carlos Mascarenhas, da Secretaria de Planejamento, a Diretora Presidente do Instituto Nossa Ilhéus, Maria do Socorro Mendonça e o Presidente do Conselho de Saúde, Fred Oliveira.

Após as devidas apresentações, Maria do Socorro Mendonça fala sobre a LAI – Lei de Acesso à Informação (Lei nº 12.527/11), que completou dois anos de vigência no último dia 18/05. Socorro explica que após a promulgação da LAI “é dever do poder público dar conhecimento àqueles que eles tão a serviço do que está sendo feito com todo o recurso que é pago por todos os cidadãos.” A Diretora do Instituto Nossa Ilhéus salienta que, durante o o evento, serão discutidas e propostas formas de auxiliar o poder público, através da participação popular. Diante disto, são levantados questionamentos sobre o Portal da Transparência do município de Ilhéus.

Carlos Mascarenhas salienta que o Portal da Transparência é mantido através de um programa de computador, que se alimenta de outros sistemas de informação, que são interligados para que a informação correta seja exposta para o público e fala sobre a evolução do Portal desde o lançamento, com todos os pagamentos realizados pela Prefeitura disponíveis no mesmo.

Seguindo o debate, Fred Oliveira fala da falta de um Plano Municipal de Saúde, salientando a cobrança que o Conselho vem fazendo para a elaboração do plano. A importância dos planos é destacada, inclusive pelo fato de serem plurianuais, contemplando até o primeiro ano da gestão posterior.

O programa, que ainda destacou a eficiência das formas de transparência das informações (portais de transparência, informações expostas em painéis ao público, uso de sistemas integrados para a divulgação correta e mais rápida da informação) e de aspectos da Lei, como o prazo para a entrega das informações solicitadas, além de ressaltar o papel de fiscalização do Conselho da Saúde.

Cidadania em debate: todas as sextas-feiras, no Programa Verdade Bem Dita, da FM Conquista 105.9

Leave a Reply