Notícia

Ciclistas de Ilhéus realizam ‘Movimento ciclofaixa, sim!’ no bairro do Malhado

O movimento de ciclistas de Ilhéus vai realizar amanhã (23) um “bicicletaço” pelas ciclofaixas das avenidas Antônio Carlos Magalhães (ACM) e Litorânea Norte, no bairro do Malhado. Intitulado “Movimento ciclofaixa, sim!”, o evento tem o objetivo de chamar atenção para a importância da implantação das faixas exclusivas para ciclistas, tal como das modificações que foram realizadas no trânsito da área. Os participantes vão se concentrar às 9h30 da manhã na Escultura da Sereia e sairão a partir das 10h da Praça do Tamarineiro.

“Após anos de tentativas, de negativas e falta de diálogo, finalmente algumas das nossas reivindicações como ciclistas junto ao poder público de Ilhéus estão se realizando. Neste sentido, as curtas, mas necessárias ciclofaixas das avenidas Litorânea Norte e ACM precisam ser preservadas e futuramente expandidas”, ressalta o ciclista Elvis Barbosa.

De acordo com a Superintendência de Trânsito, Transportes e Mobilidade (Sutram), desde que as modificações nas vias foram realizadas, não houve registros de acidentes de trânsito no local. Por outro lado, já é perceptível um aumento no número de ciclistas circulando nas ciclofaixas.

Os benefícios do incentivo ao uso do transporte cicloviário são muitos. Além de ser um veículo não-poluente e ter baixo custo, a bicicleta também ocupa menos espaço, favorece a saúde e melhora a qualidade de vida da população. Quanto aos impactos sobre a economia da cidade, uma pesquisa realizada pela Ciclocidade (Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo) em 2015, com o tema “Perfil de quem usa a bicicleta na cidade de São Paulo”, mostrou que cerca de um terço (29%) dos ciclistas entrevistados usa a bicicleta para ir ao comércio, com proporção maior entre ciclistas mulheres (42%). Em relação à frequência, 70% acessam o comércio uma ou duas vezes por semana e 30% acima de três vezes por semana.

“Cabe destacar, nesse sentido, que os consumidores são pessoas e não carros. Quanto mais você favorece a rotatividade de uso dos espaços próximos aos locais de comércio e serviços, mais pessoas tem acesso e se sentem incentivadas a visitá-los”, ressalta o consultor do Projeto MobCidades no Instituto Nossa Ilhéus, Jonathan Souza.

Portanto, se você é ciclista e está em Ilhéus ou região, aproveite a dica e venha fortalecer este movimento em prol do transporte ativo e da mobilidade sustentável.

Leave a Reply